Igreja Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio

Rua Visconde do Rio Branco Desde 1852 já se tinha notícia da construção de uma capela, no local onde hoje se ergue a Matriz do Patrocínio A atual Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio, projeto feito em estilo gótico pelo do Engº João Lourenço Madeine, teve sua pedra fundamental lançada em 24/11/1895, participaram tecnicamente da obra Manoel José Coimbra e Torello Dinuci. Tem painéis de Orestes Sercelli e Carlos De Servi (restaurados pelo casal Makk em 1964). Os cinco sinos (350kg, 670kg, 850kg, 1000kg e 3000kg), batem as horas cheias e as meias horas, a fim de avisar os fiéis sobre as aproximações das missas e celebrações. A cruz no alto da torre tem 4,5 metros de alguta e 3,5 metros de largura, quando inaugurada em 1905 foi reconhecida como a única iluminada, tornando-se uma novidade no País. O templo possui um grandioso órgão musical fabricado em 1914, na Alemanha. A imagem primitiva de Nossa Senhora do Patrocínio foi trazida por um bangüê desde a cidade de Itú em 15/08/1853, dia comemorativo da Assunção de Nossa Senhora aos céus.


matriz8


matriz9


matriz7


matriz3


matriz2