Home

Vereadores aprovam cinco projetos


8ª Sessão Ordinária Os vereadores de Jahu aprovaram quatro projetos do Legislativo e um do Executivo na 8ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, realizada nessa segunda-feira, dia 25/3. De iniciativa do vereador Tito Coló Neto (PSDB), foram aprovados dois projetos de lei. O primeiro, em segunda votação, considera de Utilidade Pública a "Associação das Missionárias de Nossa Senhora Medianeira". O segundo, em primeira votação, considera de Utilidade Pública a "Associação de Moradores do Jardim São Crispim I, São Crispim II e Vila Maria". Também foram aprovados dois Projetos de iniciativa da Mesa Diretora da Câmara, um de Lei e outro de Resolução, ambos em primeira discussão e que dispõem sobre o quadro de servidores da Câmara Municipal. Foi votado, ainda, em discussão única e regime de urgência, Projeto do Executivo que altera a Lei 3.616 de 8/2/2002 e dispõe sobre o Conselho Municipal de Saúde, alterando sua composição para adequar o Conselho Municipal à resolução federal. No Expediente, foram discutidos 38 requerimentos, 19 indicações, uma moção e seis projetos objetos de deliberação.

Reforma administrativa

Pelo Projeto de Resolução aprovado na 8ª Sessão Ordinária, a presidência da Câmara de Jahu dá início à reforma administrativa no Legislativo. Ficam definitivamente extintos sete cargos comissionados: Assessor Jurídico, Chefe de Gabinete, Chefe de Produção, Chefe de Edição e Imagem, Chefe de Comunicação, Diretor Assistente e Diretor de TV, e um outro cargo (chefe de Execução Legislativa) também será extinto em caso de vacância. Ficam criados, ainda, 34 cargos de assessor de vereador, para garantir que cada parlamentar tenha dois assessores, como acontecia em legislaturas anteriores. A mudança foi necessária porque até o ano passado a Câmara de Jahu possuía apenas 11 vereadores. Com a aprovação que elevou o número para 17, houve, também, a necessidade de se adequar o número de assessores, de 22 para 34. Para se tornar Lei, no entanto, o Projeto de Resolução precisa ser aprovado mais uma vez em sessão camarária. Em primeira votação nessa segunda, dia 25, o projeto foi aprovado com 12 votos favoráveis e quatro contrários. Votaram contra: Fernando Frederico (PMDB), Ronaldo Formigão (DEM), Carlos Alberto Lampião Magon (PV) e José Fernando Barbieri (PT).

 

Tribuna Cidadã

Como acontece sempre na última sessão ordinária de cada mês, a 8ª Sessão da Câmara Municipal de Jahu contou com a participação de três representantes da comunidade jauense fazendo uso da Tribuna Cidadã. O representante do Instituto Circênico de Promoção Cultural e Artística, Fernando Milani Rosella, falou sobre a necessidade de se apoiar e valorizar o artista jauense. Disse, também, que no início do ano protocolou dois projetos culturais junto ao Executivo e Legislativo jauenses e que está no aguardo de posicionamentos dos poderes constituídos. A chefe de Seção Técnica da Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Jahu (Apta), engenheira Elisângela Marques Jerônimo Torres, por sua vez, discorreu sobre a Estação Experimental de Jahu e os trabalhos que ela desenvolve, especialmente no melhoramento genético da cana-de-açúcar. O terceiro cidadão a usar a Tribuna foi o presidente da Associação dos Profissionais de Comunicação de Jaú e Região (Aprocom), Flávio Augusto Melges, que discorreu acerca de episódios recentes envolvendo exonerações na TV Câmara. A 8ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Jahu teve quatro horas e 15 minutos.

Portal Transparência

 

Portal da Tranparência

Acesso à Informação

 

Serviço de Informação ao Cidadão

Legislação Compilada

 

balanca

Ouvidoria

 

ouvidoria pequena

Pesquisar no Site

TV Câmara - Ao Vivo

Redes Sociais

 facebook

 youtube