Home

PRAÇA ROTATÓRIA GANHA NOME DE JOSÉ BEBBER

Aprovado em primeira votação o Projeto de Lei nº 11/2018, de autoria da vereadora Cléo Furquim, que denomina de José Bebber a Praça Rotatória localizada na Avenida Zezinho Magalhães, na confluência com a Avenida Anna Claudina.
José Bebber nasceu em Jahu no dia 12 de outubro de 1899, filho de imigrantes italianos, serviu o Exército Brasileiro no Comando do 4º Regimento de Artilharia Montada no Quartel de Itú, e por seu comportamento exemplar foi ordenado Comandante da 1ª Bateriaem 1921.
Durante a juventude trabalhou em indústria de veículos de tração animal, onde aprendeu o ofício de ferreiro. Junto com seu irmão montou sua própria fábrica de carroças, que passou a ser reconhecida como umas das melhores do Brasil, recebendo inclusive encomendas de cidades do Estado de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Paraná.
Bebber manteve suas atividades até 1967, tendo em vista o aumento da frota de veículos motorizados e a diminuição da utilização de carroças e charretes. Porém, mesmo após 50 anos do encerramento das atividades, ainda é possível encontrar carroças da marca “José Bebber e Irmão Jahu”, sendo utilizadas até hoje.

MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES E APLAUSOS

HOMENAGEM AO GRUPO DE CORREDORES CORUJA

Aprovada a Moção de Congratulações e Aplausos ao grupo Corredores Unidos de Jaú - CORUJA - pelos trabalhos sociais desenvolvidos na cidade e pelo seu 5º aniversário. A propositura é de autoria do vereador Toninho Masson.
O CORUJA (Corredores Unidos de Jahu), que tem como objetivo disseminar saúde e o bem-estar através da corrida de rua, se reúne para realizar seus treinos de corrida pelo menos duas vezes por semana, é aberto a todas as pessoas que queiram acompanhar os treinos de forma gratuita.
O grupo comemora seu aniversário todos os anos realizando um super evento de corrida e caminhada chamado de “Revezamento Coruja”.
No dia 21 de Abril foi realizado o 5° Revezamento CORUJA, que contou com 500 participantes correndo ou caminhando em busca de qualidade de vida. O grupo transforma este evento em ferramenta social, angariando assim, donativos para algumas instituições da cidade. Neste ano foram contempladas as seguintes entidades: Casa Ronald McDonald, Hospital Thereza Perlatti, Creche Hilarinho Sanzovo (Projeto de Apoio a Infância PAI), Abrigo São Lourenço e Escola Estadual Major Prado.

PROJETO OBJETO DE DELIBERAÇÃO

LEI PRETENTE INSERIR SÍMBOLO DO AUTISMO EM PLACAS DE ATENDIMENTO PRIORITÁRIO

De autoria do vereador Tuco Bauab, passa a tramitar pelas Comissões Permanentes da Câmara, projeto que obriga os estabelecimentos públicos e privados localizados no município de jaú, a inserirem nas placas de atendimento prioritário o símbolo mundial do autismo.
Entende-se por estabelecimentos privados: I – supermercados; II – bancos; III – farmácias; IV – bares; V – restaurantes; VI – lojas em geral; VII – similares.
Os estabelecimentos que descumprirem a lei podem receber advertência; multa de 200 UFM (duzentas Unidades Fiscais do Município), em caso de reincidência; e suspensão do Alvará de Licenciamento para estabelecimento na terceira constatação.

 

TRIBUNA CIDADÃ

- O Capitão PM Fernando Henrique Perpétuo Pauli fez uso da Tribuna da Câmara Municipal para falar sobre o Projeto Vizinhança Solidária, que consiste em um conjunto de ações preventivas, que têm como objetivo melhorar a segurança pública local, incentivando a vizinhança a adotar medidas capazes de prevenir delitos e colaborar com o policiamento.
Em Jahu, os bairros Jardim das Paineiras e Jardim Bela Vista já participam do Programa.



- O Policial Reformado Carlos Donisete de Oliveira também utilizou seu tempo na Tribuna da Câmara para falar sobre o Projeto Vizinhança Solidária. Ele contou um pouco da experiência do projeto no bairro onde mora (Jardim Bela Vista) e salientou os resultados positivos obtidos até o momento, como a diminuição da violência nos arredores e a aproximação do contato entre os moradores.
O programa voluntário, que tem como objetivo combater o crime com ações coordenadas entre povo e polícia, pode ser implantado em ruas de um determinado bairro ou região, ou com identificação de um estabelecimento comercial que tenha obtido o Certificado de Análise de Risco de Vulnerabilidade.