Home

13 projetos aprovados na última Sessão Ordinária do ano

46ª sessão
Na 46ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Jahu, realizada no dia 12 de dezembro de 2016, foram votados 13 processos na Ordem do Dia – seis deles em regime de urgência.
Antes, no Expediente da Sessão, foram lidos dois requerimentos e duas indicações. Cinco moções foram lidas, discutidas e aprovadas.



QUATRO PROJETOS DE LEI DO EXECUTIVO SÃO APROVADOS EM REGIME DE URGÊNCIA

- O primeiro dispõe sobre a abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$736.615,00 (setecentos e trinta e seis mil e seiscentos e quinze reais), para o Instituto de Previdência do Município de Jahu (IPMJ). De acordo com a justificativa da Prefeitura, a propositura tem como objetivo a realização de complemento de dotação para despesas médicas, hospitalares e de laboratório aos beneficiários do Instituto. Votaram contra os vereadores Tito Coló Neto, Carlos Alberto Lampião e Ronaldo Formigão.

- O segundo projeto aprovado dispõe sobre a Política Municipal de Turismo. O texto define as atribuições do Poder Executivo Municipal no planejamento, desenvolvimento e estímulo do turismo, definindo um Plano Diretor de Turismo e o Sistema Municipal de Turismo de Jahu. O objetivo, segundo a justificativa, é valorizar o potencial turístico da cidade, promover a criação de novos empregos, aumentar as divisas do município, captar investidores e proporcionar a melhoria social da população. O Executivo salienta que o projeto é um dos requisitos para a solicitação do título de “Município de Interesse Turístico” (MIT), que proporciona o repasse anual de verba do Governo do Estado para investimento no setor.

- O terceiro projeto aprovado dispõe sobre a abertura de crédito adicional suplementar de R$1.876.392,00 para transferência dos recursos à Irmandade de Misericórdia do Jahu, a Santa Casa. O montante será utilizado para o custeio de leitos de “Gestantes de Alto Risco” (GAR), previsto no “Plano de Ação da Rede Cegonha” do Ministério da Saúde.

- O último Projeto de Lei do Executivo aprovado em regime de urgência autoriza permuta de imóvel do Município com terreno da Fundação Educacional “Dr. Raul Bauab”. De acordo com a lei, o município fica autorizado a permutar imóvel de sua propriedade, localizado na Rua Tenente Lopes, nº 560 com terreno pertencente à Instituição Educacional, localizado na lateral par da Rua Luiz Paiva, esquina com a Rua Júlio Vono. Votaram contra os vereadores Carlos Alberto Lampião; Roberto Carlos Vanucci; Ronaldo Formigão; Tito Coló Neto e Wagner Brasil de Barros.

DIA DA MULHER NEGRA, LATINO-AMERICANA E CARIBENHA EM JAHU

Foi aprovado em regime de urgência o Projeto de Lei do Legislativo nº 61/2016, iniciativa do vereador João Carlos de Toledo. Ele institui, no Município de Jahu, o Dia da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, a ser comemorado, anualmente, no dia 25 de julho de cada ano.
O Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha foi criado em 25 de julho de 1992, durante o Primeiro Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, em Santo Domingo, República Dominicana. Naquela ocasião, ficou deliberado que a comemoração seria o marco internacional da luta e da resistência da mulher negra. Desde então, segundo a justificativa do projeto, a sociedade civil e o governo têm atuado para consolidar e dar visibilidade a esta data, tendo em conta a condição de opressão de gênero e racial/étnica em que vivem estas mulheres.
Ainda de acordo com o projeto, instituir o Dia Municipal da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha no Calendário Oficial de Jahu é uma forma de demonstrar o reconhecimento à força da mulher negra que, ao longo dos anos, vem superando desafios e obstáculos numa sociedade machista e racista, na busca incessante por qualificação e formação.

PROJETO DÁ NOME A RUA NO LOTEAMENTO CAMPO BELO

Também de autoria do vereador João Carlos de Toledo, aprovado o Projeto de Lei do Legislativo nº 120/2016, que atribui a denominação de Antonio Carlos Cola Francisco à rua "U" do Loteamento Campo Belo (em conformidade com a planta daquele loteamento, cadastrado junto a Secretaria de Projetos/Obras do Município).
Os dois projetos foram aprovados em primeira e segunda votação.

AMVEJA É ENTIDADE DE INTERESSE PÚBLICO

De autoria do vereador Charles Sangiorgi Sartori, foi aprovado em segunda votação o Projeto de Lei do Legislativo nº 119/2016, que torna a Associação dos Médicos Veterinários de Jaú e Região (AMVEJA) uma entidade de Utilidade Pública. O título de Utilidade Pública garante às entidades, associações civis e fundações o reconhecimento como instituições prestadoras de serviços à sociedade. O título de Utilidade Pública não assegura quaisquer direitos e vantagens na relação com o município, com exceção em celebrações de convênios para prestação de serviços que atendam ao interesse público. A “AMVEJA” é pessoa jurídica de direito privado, legalmente constituída sob forma de associação, com sede e na Rua Marechal Deodoro, 674, Vila Nova, no município de Jahu.

APROVADOS PROJETOS QUE TRATAM SOBRE SUBSÍDIO DOS VEREADORES, PREFEITO, VICE-PREFEITO E SECRETÁRIOS

SUBSÍDIOS A VEREADORES
De autoria da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jahu, composta pelos vereadores Wagner Brasil de Barros (PROS), Roberto Carlos Vanucci (PSB) e presidente Cléo Furquim (PMDB), aprovado o Projeto de Lei do Legislativo nº 118/2016. A matéria trata do valor do subsídio dos vereadores da Câmara Municipal de Jahu para a Legislatura de 2017 a 2020. De acordo com o texto do projeto, fica mantido em R$ 5.511,69 (cinco mil, quinhentos e onze reais e sessenta e nove centavos) o subsídio mensal dos Vereadores da Câmara de Jahu, a vigorar a partir de janeiro de 2017. Também fica mantido em R$ 7.445,62 (sete mil, quatrocentos e quarenta e cinco reais e sessenta e dois centavos) o subsídio mensal do Presidente da Câmara, a vigorar a partir de janeiro de 2017. Esses valores mantidos pelo Projeto de Lei terão revisão geral anual na mesma data e pelo mesmo índice dos servidores públicos municipais. A lei não extingue a necessidade de aprovação dos reajustes com votação em plenário, ou seja, eventuais reajustes não são automáticos e qualquer alteração nos subsídios deve passar pelo crivo da Câmara.
Votaram contra: Carlos Alberto Lampião; Fernando Frederico de Almeida Júnior; José Fernando Barbieri; Paulo Cesar Gambarini; Ronaldo Formigão;

SUBSÍDIOS A SECRETÁRIOS, VICE-PREFEITO E PREFEITO
Também de autoria da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jahu, foi aprovado o Projeto de Lei do Legislativo nº 123/2016, que pretende manter o valor do subsídio do Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários Municipais para o mandato de 2017 a 2020. De acordo com a matéria, deve ficar mantido em R$ 19.000,00 (dezenove mil reais) o subsídio mensal do Prefeito Municipal; em R$ 11.500,00 (onze mil e quinhentos reais) o subsídio mensal do Vice-Prefeito; e, por fim, em R$ 6.100,00 (seis mil e cem reais) o subsídio dos Secretários Municipais. Segundo o projeto de lei, os valores dos subsídios mantidos terão revisão geral anual na mesma data e pelo mesmo índice dos servidores públicos municipais.
Da mesma forma que no projeto anterior, qualquer alteração nos subsídios deve passar pelo crivo da Câmara.
Votaram contra os vereadores Fernando Frederico; Ronaldo Formigão; Tito Coló Neto; Carlos Alberto Lampião; Paulo Gambarini; José Fernando Barbieri.

Ambos os projetos passaram por segunda votação em Sessão Extraordinária realizada logo após o término da 46ª Sessão Ordinária.

MORADIAS DE INTERESSE SOCIAL

De autoria do vereador Wagner Brasil de Barros, aprovado em primeira e segunda votação o Substitutivo Total nº 1/2016 ao Projeto de Lei do Legislativo nº 48/2016. A matéria dispõe sobre a doação com encargo à Administração Municipal de terrenos para edificação de habitações de interesse social. O substitutivo altera vários parágrafos do texto inicial, entre eles, o tamanho mínimo do terreno doado e os critérios para destinação dos imóveis. De acordo com o texto, a Administração Pública Municipal poderá aceitar por parte de associações civis, cooperativas e sindicatos, a doação com encargo de terrenos urbanos para a edificação de habitações de interesse social. Somente será aceito o terreno onde seja possível a construção de, no mínimo, 200 (duzentas) unidades habitacionais. O texto antigo previa um número de 100 (cem) casas. Também foi retirado do projeto, trecho que dava prioridade na destinação dos imóveis às pessoas indicadas pela entidade doadora do terreno.

CARTEIRA DE IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE BARIÁTRICO

Aprovado em primeiro e segundo turno o Projeto de Lei do Legislativo nº 84/2016, de autoria do vereador Wagner Brasil de Barros, que pretende instituir a Carteira de Identificação do Paciente Bariátrico e regras para emissão. O paciente submetido a procedimento cirúrgico bariátrico deverá receber da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica documento de identificação que contenha: fotografia do paciente; dados pessoais de identificação; e técnica cirúrgica empregada no tratamento. Ainda de acordo com o projeto, o documento de identificação, denominado “Carteira de Identificação do Paciente Bariátrico” terá validade em todo o Município de Jahu.
O objetivo do projeto, segundo sua justificativa, é estimular os serviços de alimentação, restaurantes e similares, a oferecer descontos ou porções reduzidas às pessoas submetidas a procedimento cirúrgico bariátrico, mais conhecido como cirurgia de redução do estômago. Ainda de acordo com a justificativa do projeto, os pacientes com estômago reduzido somente conseguem ingerir pequenas porções de comida em cada refeição. Dessa forma, acabam arcando com custo desproporcionalmente altos em restaurantes. O documento de identificação de que trata este projeto de lei é instrumento hábil a comprovar a condição de paciente bariátrico para fins de fruição de benefícios e desconto concedidos a essa categoria de pacientes por serviços de alimentação. Também foi aprovada uma emenda (Emenda nº 51/2016) que prevê que a responsabilidade de emissão da carteirinha fica restrita à Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica.
Votaram contra o projeto os vereadores José Segura, Márcio Cesarino, Paulo Gambarini, Lucas de Barros Flores, Fernando Frederico de Almeida Júnior.

PROGRAMA “MAIS MÉDICOS”

Aprovado em primeira e segunda votação o Projeto de Lei do Executivo nº 9/2016, que dispõe sobre a criação de Auxílio Pecuniário para custeio de moradia, transporte e alimentação aos médicos do Programa “Mais Médicos” que atuam nas Unidades Básicas de Saúde de Jahu. O Projeto “Mais Médicos para o Brasil” foi instituído pela Lei Federal nº 12.871, de 22 de outubro de 2013 e implementado pela Portaria Ministerial nº 1.369, de 8 de julho de 2013, e a Portaria nº 30, de 12 de fevereiro de 2014.
Os benefícios previstos pelo Projeto de Lei do Executivo nº 9/2016 devem ser os seguintes: para transporte, auxílio no valor de R$ 294; para alimentação, auxílio no mesmo valor concedido aos servidores municipais de Jahu; para moradia, auxílio de R$ 1700 para cada médico. Na justificativa do projeto, ressalta-se que o Programa “Mais Médicos” é parte de um amplo esforço do Governo Federal, com apoio de estados e municípios, para a melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de levar mais médicos para regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais, o programa prevê, ainda, mais investimentos para construção, reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBS), além de novas vagas de graduação, e residência médica para qualificar a formação desses profissionais.

 

APROVADA A LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL 2017 COM 18 EMENDAS

Aprovado o Projeto de Lei do Executivo nº 8/2016, que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício de 2017 (Lei Orçamentária Anual – LOA). De acordo com o texto, a previsão é que a Prefeitura arrecade cerca de R$ 406 milhões (quatrocentos e seis milhões de reais). A Comissão de Finanças, Orçamento e Economia da Câmara realizou duas audiências públicas para discussão do projeto, além de estabelecer prazo para a apresentação de emendas pelos vereadores. A primeira Audiência Pública promovida pela Comissão de Finanças, Orçamento e Economia foi realizada no dia 4 de novembro de 2016. A segunda Audiência Pública promovida pela Comissão de Finanças, Orçamento e Economia após a apresentação das Emendas foi realizada no dia 29 de novembro de 2016. Os vereadores apresentaram 61 emendas, porém algumas sugestões foram retiradas pelos autores e outras tiveram a votação prejudicada devido ao conteúdo semelhante ao de outra emenda aprovada anteriormente.
Ao todo, 28 (vinte e oito) emendas foram votadas, sendo que 18 (dezoito) receberam voto favorável e 10 (dez) contrário.
Confira as emendas aprovadas e rejeitadas:

EMENDAS APROVADAS

Emenda nº1/2016, de autoria dos vereadores Lucas de Barros Flores, Ronaldo Formigão e Cléo Furquim, que destina R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais) para a segurança pública do Município.

Emenda nº 2/2016, de autoria do vereador José Fernando Barbieri, que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) à Associação Hospitalar Thereza Perlatti de Jaú.

Emenda nº 5/2016, de autoria da vereadora Cléo Furquim, que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) para infra-estrutura do Distrito de Potunduva.

Emenda nº 10/2016, de autoria do vereador Wagner Brasil de Barros, que mantém despesa no Projeto de Lei nº 008/2016 remanejando dotação para destinação de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) para implantação de Guarda Municipal no Município de Jahu.

Emenda nº 12/2016, de autoria do vereador Wagner Brasil de Barros, que mantém despesa no Projeto de Lei nº 008/2016 remanejando dotação para destinação de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para fornecimento de óculos à população carente.

Emenda nº 19/2016 de autoria do vereador Tito Coló Neto que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) para viabilizar a realização de cirurgias eletivas.

Emenda nº 27/2016 de autoria do vereador Roberto Carlos Vanucci que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE, no Município de Jahu.

Emenda nº 30/2016 de autoria da vereadora Cléo Furquim que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais) para promoção de propaganda institucional e de interesse público, especialmente na área da saúde.

Emenda nº 32/2016 de autoria do vereador Charles Sangiorgi Sartori que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para criação de canil e gatil municipal no Distrito de Potunduva.

Emenda nº 33/2016 de autoria do vereador Charles Sangiorgi Sartori que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para implantação de cemitério de animais no Município de Jahu.

Emenda nº 38/2016 de autoria do vereador Charles Sangiorgi Sartori que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) para criação e implantação de Clínica Veterinária Municipal no Distrito de Potunduva.

Emenda nº 39/2016 de autoria do vereador Charles Sangiorgi Sartori que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) para aquisição de aparelho de Raio-X para o Pronto Socorro Infantil no Município de Jahu.

Emenda nº 40/2016 de autoria do vereador Charles Sangiorgi Sartori que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) para manutenção e ampliação dos serviços do Castramóvel.

Emenda nº 45/2016 de autoria do vereador Charles Sangiorgi Sartori que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 1.800.000,00 (um milhão e oitocentos mil de reais) para construção e implantação de Unidade Básica de Saúde do Jardim Dona Emília.

Emenda nº 46/2016 de autoria do vereador Charles Sangiorgi Sartori que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 700.000,00 (setecentos mil reais) para desenvolvimento de ações voltadas ao estudo de melhorias no patrimônio histórico cultural do Município de Jahu.

Emenda nº 52/2016 de autoria do vereador Fernando Frederico de Almeida Junior que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) para transporte universitário.

Emenda nº 54/2016 de autoria da vereadora Cléo Furquim que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para criação de Museu da Cultura Negra no Município de Jahu, conforme determina a Lei Municipal n.º 3.906, de setembro de 2004.

Emenda nº 61/2016 de autoria do vereador Gilberto Vicente que insere despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) para premiação em campeonatos (varzeano e infantil) organizados pela Secretaria de Esportes.

EMENDAS REJEITADAS

Emenda nº 15/2016, de autoria do vereador Ronaldo Formigão, que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais) para a implantação de serviço de vídeo monitoramento no Município.

Emenda nº 16/2016, de autoria do vereador Ronaldo Formigão, que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para rede de proteção social básica do Município.

Emenda nº 17/2016 de autoria do vereador Ronaldo Formigão pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para rede de proteção social especial do Município.

Emenda nº 18/2016 de autoria do vereador Ronaldo Formigão que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais) para construção, ampliação e reforma de parquinhos.

Emenda nº 20/2016 de autoria do vereador Tito Coló Neto que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 100.000,00 (cem mil reais) à manutenção da APAJA.

Emenda nº 21/2016 de autoria do vereador Tito Coló Neto que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) à Clínica Veterinária Municipal, para investimento em equipamentos e material permanente.

Emenda nº 22/2016 de autoria do vereador Tito Coló Neto que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) para construção de novo kartódromo.

Emenda nº 23/2016 de autoria do vereador Tito Coló Neto que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para reforma, ampliação e construção de praças esportivas do Município.

Emenda nº 24/2016 de autoria do vereador Tito Coló Neto que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 500.000,00 (quinhentos reais) para tratamento, exames de grande complexidade e cirurgias de atletas que se lesionarem representando o Município de Jahu em competições.

Emenda nº 26/2016 de autoria do vereador Tito Coló Neto que pretendia inserir despesa ao Projeto de Lei nº 008/2016 objetivando remanejamento de dotação para destinação de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) para cobertura da quadra da Vila Ribeiro.

MOÇÕES DE APLAUSOS E CONGRATULAÇÕES

Cinco moções foram lidas, discutidas e aprovadas no Expediente da 46ª Sessão Ordinária da Câmara de Jahu.

HOMENAGEM À MANCHA VERDE EM JAÚ

Do vereador Wagner Brasil de Barros aprovada a Moção nº 84/2016, de Congratulações e Aplausos, à sub-sede da torcida "Mancha Verde Jaú", pela organização e pela pacífica festa em comemoração ao título de Campeão Brasileiro de Futebol em 2016, conquistado pela Sociedade Esportiva Palmeiras. A moção é extensiva aos senhores Jorge Luiz Barbosa e Alexandre Rolim, e aos demais membros da diretoria, assim como a todos os associados à torcida. De acordo com o texto da Moção, o “Grêmio Recreativo e Cultural Torcida Mancha Alviverde” ou “Mancha Alviverde” também conhecido como “Mancha Verde” é a maior torcida organizada da Sociedade Esportiva Palmeiras, clube sediado na capital paulista. A “Mancha” foi fundada em 11 de janeiro de 1983, por integrantes da ex-torcida e atual entidade carnavalesca “Mancha Verde”. Atualmente, conta com mais de 90 mil sócios com diversas sub-sedes espalhadas pelo Brasil e pelo mundo, contando com sub-sedes no Japão, na Inglaterra, na Espanha e nos Estados Unidos. A sub-sede em Jaú foi fundada no ano de 2006.

ATLETA JAUENSE DE “POWERLIFITING” RECEBE MOÇÃO DE APLAUSOS

De autoria do vereador Roberto Carlos Vanucci, foi aprovada a Moção nº 85/2016, de Congratulações e Aplausos ao atleta Estevão Martins da Silva, pelo brilhante resultado obtido no Campeonato Sul-Americano de "Powerlifting" organizado pela entidade "Global Powerlifting Committee" (GPC), realizado no fim de novembro no Centro Esportivo e Recreativo Rebouças, em Santos. Participaram do evento cerca de 300 (trezentos) competidores de Brasil, Argentina, Chile, Bolívia e Paraguai. Estevão levantou 350kg e foi o campeão na modalidade "levantamento terra - categoria open até 110kg raw" (sem equipamento). A marca do atleta foi a melhor da competição na categoria mencionada. Com o melhor coeficiente, Estevão tornou-se recordista sul-americano. O atleta disputará ainda a 14ª Copa Ases de Ouro, na cidade de Catanduva. Para o ano de 2017, o atleta aguarda o calendário de eventos e deve disputar os campeonatos Paulista, Brasileiro, Sul-Americano e Mundial. Além desse excelente resultado, Estevão já havia obtido outros resultados de expressão.

ALUNA DESTAQUE EM LITERATURA

De autoria do vereador José Fernando Barbieri, aprovada a Moção nº 86/2016, de Congratulações e Aplausos à jovem Samara Fernanda Buoso pelo seu afinco à Escrita e à Literatura. Na justificativa da homenagem, o autor ressalta que desde criança Samara era amante dos livros e que foi no ano de 2010, quando estava no quinto ano do Ensino Fundamental, que a escrita começou a se manifestar na vida dela através de poesias. Neste mesmo período, houve um concurso na Escola Estadual Túllio Espindola de Castro, escola onde estudava na época, para produzir um poema com o tema "O lugar onde vivo", e o seu trabalho foi selecionado entre os melhores.
Em 2014, quando estava com 14 anos, através de ideias e inspirações das aulas de história que teve, escreveu um novo livro "Cartas para Lívia" que trata de um triângulo amoroso entre uma dançarina de cabaré e dois médicos envoltos no clima da Segunda Guerra Mundial, do Nazismo e do governo de Getúlio Vargas. Toda essa temática histórica se faz presente no texto. Para a concretização do livro recebeu um grande apoio de toda a equipe escolar na correção, revisão e produção dele, porém infelizmente ainda não foi publicado.
Atualmente, já em uma nova escola onde cursa o Ensino Médio, Samara começou a dedicar-se à escrita de contos voltados para a introspecção com diversas interpretações nas entrelinhas e está trabalhando no próximo livro.

PROJETO “ENCANTANDO”

Aprovada a Moção nº 87/2016, de autoria do vereador José Fernando Barbieri, de Congratulações e Aplausos ao Projeto “Encantando”. A moção é direcionada a professora regente Kátia Baccarin, a Secretária de Educação Daltira Maria de Castro Piragine Tumolo, ao gerente do Núcleo de Programas Especiais e Informatização (NPEI) José Antonio Cavalcante (Zé Gato) e aos pais e alunos que participaram deste precioso projeto. Na justificativa do projeto, o autor ressalta que a Secretaria da Educação e o NPEI administram o Programa “Cidade Escola” e vários outros projetos que buscam alinhar educação e cultura numa perspectiva de formar cidadãos de forma globalizada em suas habilidades e potencialidades. O Projeto “Encantando” é um deles e sob a orientação da Professora Kátia Baccarin proporciona, através da música, o desenvolvimento cultural e pedagógico dos alunos jauenses.

SUPERMERCADO FERRACINI

De autoria do vereador João Carlos de Toledo, aprovada a Moção nº 88/2016, Congratulações e Aplausos ao senhor Francisco Claudio Ferracini pela inauguração da segunda loja do Supermercado Ferracini. Localizado na Avenida Dudu Ferraz, esquina com a Rua Atílio Lotto, no Jardim Olímpia, o novo mercado tem 40 (quarenta) novos trabalhadores e funcionará de segunda-feira a sábado, das 8h às 20h, e aos domingos, das 8h às 19h.

A presidente da Câmara, Cléo Furquim, encerrou os últimos trabalhos legislativos do ano às 21h10. As últimas Sessões da atual Legislatura da Câmara Municipal de Jahu foram marcadas pela presença maciça de manifestantes, que ocuparam praticamente a totalidade dos assentos reservados ao público.